Startups de hub do Itaú tem mais de 500 vagas

As startups do Cubo, hub de empreendedorismo mantido pelo Banco Itaú, estão com mais de 500 vagas de trabalho em aberto, principalmente nas áreas ligadas ao setor da tecnologia. Oportunidades cresceram durante a pandemia do novo coronavírus e vem gerando emprego no momento de crise atravessado no Brasil.

Só a Dasa, uma das parceiras do hub na vertical Cubo Health, possui atualmente mais de 100 postos de trabalho que estão disponíveis, em dasa.gupy.io. Outra empresa que faz parceria do hub e também possui vagas disponíveis é a B3, a Bolsa do Brasil, que tem atualmente mais de 10 vagas abertas em áreas como Produtos e Clientes, Tecnologia e Operações. Disponível em jobs.kenoby.com/b3.

Mais de 300 startups que fazem parte do portfólio do Cubo e as 30 grandes empresas de diferentes segmentos do mercado que fecharam parceria com o hub reúnem mais 400 vagas – com informações em cubo.network/jobs.

O Cubo Itaú

Esses números de vagas demostram como alguns setores estão conseguindo atravessar e crise decorrente da pandemia do COVID-19 e estão conseguindo oferecer oportunidades de trabalho, abrindo essas vagas e ampliando o quadro de funcionários efetivos e temporários em suas equipes. O principal ramo deles é o de tecnologia – como uma forma de continuar as operações durante o isolamento social, migrar para o ambiente digital foi mais do que necessário para companhias de todo o Brasil.

“É de extrema relevância mostrar que existe um mercado aquecido e forte, que demanda e precisa contratar novos colaboradores, mesmo em meio a tantas incertezas na economia do país”, diz Renata Zanuto, co-head do Cubo Itaú.

As oportunidades de trabalho estão distribuídas entre as diversas startups que fazem parceria com a hub. A Now, por exemplo, atua no setor supermercadista e possui mais de 40 vagas abertas, que vão do executivo comercial de contas à compra até a entrega dos produtos do supermercado. O valor do salário varia de acordo com cada cargo. Na BossaBox, uma marketplace que conecta projetos a freelancers, são quatro vagas abertas, para cargos como growth marketing e data analyst.

Essa distribuição também acontece entre as grandes empresas que fazem parte do Cubo Itaú e passam pelo processo de inovação. Na Dasa, as 100 vagas são para o setor da tecnologia, e entre os profissionais procurados estão desenvolvedores, arquitetos de soluções, agilistas, QA Tester, engenheiro de dados, especialistas UX/UI e cientista de dados.

No mês de maio, já dentro do período de distanciamento social e quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus, o Cubo Itaú realizou a segunda edição do Cubo For Devs, que tinha como um dos principais objetivos a aproximação da comunidade de desenvolvedores ao universo do ecossistema de inovação. Foram quase 200 vagas de trabalho que foram preenchidas em uma feira de contratações totalmente online.

No geral, são mais de 50 startups com mais 250 vagas, onde boa parte permite o trabalho remoto. Algumas das startups que disponibilizaram vagas foram: Delivery Center, Hubify, InfoPrice, Skore, RankyMyApp, Stake, Viva Real, Xerpa, Loggi e mais dezenas de outras startups. Boa parte dessas startups ficam sediadas em cidades do sul e sudeste do Brasil, mas isso não impede de que pessoas de outras regiões trabalhem já que, algumas vagas permitem o trabalho remoto.

Algumas das vagas para Startup que permite trabalho remoto são: Analista de Mídias Sociais, Software Engineer, Analista de SEO, Analista de conteúdo, Desenvolvedor Full-Stack, Desenvolver Java Sr, Analista de suporte técnico, Designer digital, Designer gráfico, Analista de testes (QA), Especialistas de SEO, Mobile developer, Software developer. Além dessas, alguns estágios também estão disponíveis, como estágio para desenvolvedor, estágio em marketing e administração, estágio em crescimento, estágio em designer e estágio PeD.

Mostrar comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário