O que acontece se eu cancelar o consórcio?

Cancelar o consórcio em que faz parte pode vir a acontecer. Mesmo que esse seja um ótimo meio para conseguir um bem de consumo como carro,moto ou até mesmo um imóvel de maneira bem planejada e segura, muitos motivos como imprevistos, desemprego, mensalidades da faculdade ou escola do filho caras para pagar e desânimos por exemplo, podem levar alguém a romper relações com esse método.

Se você também faz parte de um consórcio mas por alguma razão deseja renunciar e sair do seu grupo, saiba que tipo de consequências você terá que enfrentar, se esta realmente é uma boa ideia e como ficará a sua situação a respeito dos valores de remuneração. 

Além disso, aqui você também ficará por dentro se é possível encontrar outros meios para não abdicar de um consórcio e quais são as desistências de contrato, basta que você continue lendo o artigo até o final.

O que pode levar alguém a desistir de um consórcio? Existem outros meios alternativos?

Existem as mais variadas razões que podem levar alguém a cancelar o consórcio, mas a principal delas está relacionada a questão financeira. Esse meio requer muito planejamento econômico pois todos os meses a pessoa deve mostrar diante de seu grupo os valores que todos combinaram de pagar mensalmente. 

Porém imprevistos podem acontecer principalmente em tempos de crise, a falta de emprego pode existir, uma doença pode surgir e levar alguém a ter que gastar com consultas médicas, enfim não ter mais como efetuar as parcelas do consórcio.

Além disso todos sabemos que para chegar a ser contemplado a pessoa precisa ter muita paciência, ao não encontrá-la muitos podem acabar desistindo de esperar e buscar um financiamento.

Se a principal das questões for realmente a financeiras, você pode encontrar outros jeitos para que os cortes feitos não se direcione para os consórcios, e isso pode ser possível através da redução do cartão de crédito, além de tentar fazer renegociação das parcelas e negociar também as mensalidades que estão vencidas.

O que pode acontecer com aqueles que desistem do consórcio?

Cancelar o consórcio pode levar para as pessoas algumas consequências, além de não conseguir mais o seu carro, moto ou imóvel por meio dessa maneira bem planejada, saiba o que mais pode acontecer para aqueles que desistem dele.

Cancelar o consórcio após uma semana de ter assinado contrato

Cancelar o consórcio pode acontecer de maneira bem rápida, existe  possibilidade de fazer isso apenas 7 dias após assinar o contrato, ou seja, uma semana. A mesma lei que permite fazer isso também protege o indivíduo de pagar qualquer multa. 

Depois que a desistência do contrato tenha sido feita,o administrador do grupo em que a pessoa participava encaminhará para a conta corrente os valores que já tinham sido envolvidos. Contudo existirá um porém para o recebimento desse dinheiro, o cotista só pode consegui los de volta se tiver assinado o contrato fora da sede administrativa.

Caso a assinatura tenha sido feita dentro da sede, esse processo será resolvido do mesmo modo de como o cancelamento ao decorrer do contrato que falaremos agora.

Cancelar consórcio ao longo do contrato

Ao cancelar o consórcio ao longo do seu contrato, este é chamado de cancelamento de cota. Para que a desistência seja formalmente realizada o consorciado deverá escrevê-la por escrito com a administração do seu grupo.

Para o recebimento do dinheiro investido por todo o período, isso também vai depender de um sorteio, a ideia vai de igual com a contemplação para quem quer fazer a compra do bem. Uma assembleia acontece todo mês organizada pelo administrador que vai reunir todas as pessoas que cancelaram o seu consórcio, aquele que for escolhido na sorte, receberá o seu dinheiro.

Cancelar consórcio após ter sido contemplado

Das três formas de cancelamento, esta é a forma mais complicada de ser resolvida, isso porque depois de ser contemplado e usar a carta de crédito para adquirir o bem, o cotista tem a obrigação de continuar no grupo e não deixar para trás o consórcio.

Mas se por um acaso ele ainda não tenha usado da carta de crédito sua situação pode ficar melhor resolvida, fazendo a chamada de contemplação e cancelar a sua cota.

Restituição dos valores pagos, como funciona?

Ao cancelar um consórcio a pessoa consegue o direito de ter de volta o seu dinheiro, tudo é realizado através de assembleias a partir de sorteios, os mesmos são agrupados por cada tipo de desistência.

Ao ser sorteado, o administrador vai calcular na hora o dinheiro a quantia em que o cotistas deve receber. Esse dinheiro não é o valor integral das mensalidades, já que existe a multa compensatória nesses valores e com isso os demais consorciados podem ficar tranquilos pois não serão afetados e nem terão que pagar mais em suas parcelas, ou seja, tudo continua em andamento normal. 

Mostrar comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário