Compliance fiscal: o que é e como alcançar

Alcançar o compliance fiscal é o mesmo que deixar todas as suas obrigações relacionadas ao pagamento de tributos da sua empresa em dia.

Além disso, é preciso que a parte jurídica do seu negócio também funcione corretamente, garantindo assim maior tranquilidade para o empresário.

Ou seja, é preciso agir de forma estratégica, sempre orientado por um profissional capacitado e especializado no assunto.

Quando os pagamentos de impostos não são efetuados em dia, o caixa da empresa é o primeiro a sofrer as consequências.

Outros problemas também podem surgir se a sua instituição age de forma irresponsável e causa prejuízos à terceiros.

Ou seja, o setor jurídico e o fiscal precisam ser os que de fato funcionam para garantir que a empresa esteja sempre de acordo com as exigências legais.

Quer aprender mais sobre compliance fiscal? Continue lendo o texto abaixo com bastante atenção.

Compliance fiscal: entenda o conceito

O termo compliance tem origem inglesa, mas na prática é o mesmo que conformidade ou estar de acordo com algo.

Portanto, compliance fiscal é o mesmo que estar em conformidade fiscal. Abrir mão dessa condição é o mesmo que colocar sua empresa em risco.

Na prática, para conseguir a conformidade fiscal e também jurídica, são necessárias várias ações em conjunto.

Veja baixo quais são elas:

  • Estabelecer políticas próprias de acordo com a realidade da sua instituição.
  • Fazer avaliações periódicas para se certificar de que todos os setores da empresa estão funcionando da forma correta.
  • Prevenir e resolver situações de conflito internas.
  • Atender as exigências da legislação tributária vigente no país.
  • Implantar softwares de gestão para auxiliar na execução das tarefas e otimizar o tempo.
  • Monitorar todos os compromissos fiscais para garantir que as informações necessárias e os pagamentos estejam em dia.

Como alcançar o compliance fiscal?

Como você pode ver no texto acima, compliance fiscal é a total conformidade tributária e jurídica de uma empresa.

Manter um nível elevado nesse aspecto é uma forma de gerir de forma eficaz e produtiva.

Veja a seguir algumas dicas importantes que vão ajudar a sua empresa a alcançar a conformidade fiscal:

  1. Monitore as Certidões Negativas de Débitos da sua empresa.
  2. Evite o desperdício de dinheiro. Pague suas obrigações fiscais em dia. Assim você evita pagamento de multas e as notificações dos órgãos reguladores.
  3. Elabore o planejamento tributário da sua empresa com o auxílio de profissionais especializados, assim se torna mais fácil manter as obrigações em dia.
  4. Invista em ERP para a sua empresa para garantir maior eficiência nas ações rotineiras.
  5. Promover o compliance fiscal como uma cultura organizacional, para que todos tenham noção da importância de alcançar esse patamar.
  6. Otimize a organização e arquivamentos dos documentos importantes, estipulando a forma correta de fazer e a devida periodicidade.
  7. Faça o mapeamento de todo o processo que envolve o envio de informações fiscais, bem como as datas de pagamentos para evitar atrasos ou incoerências.
  8. Mantenha um cronograma atualizado de todas as ações voltadas para alcançar a compliance fiscal.

Conclusão

Não se esforçar para que a sua empresa esteja em conformidade fiscal é uma forma de fazer uma gestão deficiente.

Consequentemente haverá muitos prejuízos, incluindo financeiros.

Além disso, o não cumprimento das obrigações fiscais interfere diretamente na imagem do seu negócio diante da sociedade.

Pois, se há dificuldades de manter os pagamentos dos tributos em dia, certamente haverá para pagar os demais compromissos.

Portanto, a compliance fiscal traz benefícios para a empresa de forma externa, deixando uma imagem positiva no mercado.

Enquanto que, internamente seu negócio se torna muito mais organizando, gerando economia e melhor aproveitamento do tempo.

Mostrar comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário