Caixa lança Programa Jovem Aprendiz

A Caixa Econômica já está desenvolvendo há alguns anos o programa do Jovem Aprendiz, que busca levar conhecimentos práticos para os jovens. No artigo, te passamos como se inscrever no Programa e o que mais de importante é preciso saber.


Publicidade

cur.to: conheça uma solução totalmente em português para montar páginas para links da bio do Instagram e do TikTok. Perfeito também para profissionais, entidades e marcas que não tem site.


Requisitos para ingressar no programa

O primeiro passar é estudar as possibilidades de postos de trabalho e ver se as suas qualificações estão encaixadas com a vaga. A Caixa tem o intuito de desenvolver a cidadania, com valores éticos e profissionais em todos os seus profissionais. Caso o jovem venha a se destacar, poderá ser contratado em definitivo, não apenas registrado como Aprendiz, mas sim como um Colaborador da Caixa em regime integral.

Quanto a idade para ingressar no Programa, o Adolescente precisará ter uma idade mínima de 15 anos completos ou no máximo 17 anos durante o momento de sua contratação. A renda familiar do jovem deverá ser de até 50% do salário mínimo da família. O jovem precisa estar estudando ou já ter completado o Nono ano do Ensino Fundamental.

Programa Jovem Aprendiz tem a Carteira de Trabalho registrada?

O Jovem Aprendiz irá desenvolver uma atividade no regime de estágio, sendo que o Jovem Aprendiz irá primeiramente aprimorar os seus conhecimentos, pensando em poder ser contratado no regime CLT, agradar a empresa e ter uma melhor remuneração. Justamente por esta prática ser inserida no documento, sendo que os direitos dos aprendizes são muito parecidos com os direitos de um funcionário efetivo. Esse é modo é pensado para evitar a confusão com o regime de trabalho do Jovem Aprendiz.

Benefícios e salário

O jovem que for contratado irá receber um benefício uma série de benefícios que é previsto por lei. A remuneração mensal é de aproximadamente de R$ 954, mais os benefícios de vale-alimentação e refeição. Quanto ao transporte, o bolsista também recebe os tickets ao longo do mês, com férias e recolhimento mensal de até 2% por mês.
Na hora que forem fazer as contratações dos jovens aprendizes para atuarem na Caixa, isso será feito mediante uma parceria com outras entidades que trabalhem sem fins lucrativos.

Todos os candidatos que forem selecionados, serão chamados para trabalhar no atendimento com o público, onde todos deverão ser informados para contratação. O Banco também se limitará ao percentual que é previsto em até 5% a até 15% por lei, sendo que os empregados serão regrados conforme a lei.

Por que trabalhar na Caixa?

A Caixa Econômica é uma empresa 100% pública, que foi criada no ano de 1861, sendo responsável pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviços (FGTS), pelo programa de Integração Social (PIS) e também pelo seguro-desemprego. Visa exercer um papel de desenvolvimento econômico e social no Brasil, uma vez que prioriza os setores de saneamento básico, habitação e prestação de serviços. Como alguém que pensa em ingressar na Caixa como um Jovem Aprendiz, precisa saber sobre a missão, visão e valores desta repartição.

Quais as principais atribuições de um Jovem Aprendiz?

O Jovem Aprendiz pode ter várias funções dentro do seu trabalho, porém ele deve ser tratado como um Jovem Estudante que está em seu primeiro emprego. Também vale destacar que ele tem uma carga horária mais curta em relação a outros profissionais. A carga horária do Jovem Aprendiz costuma ser menor do que outros profissionais, ficando em uma média de 6 horas por dia. Consulte isso também em Editais para Jovem Aprendiz dentro da Caixa.

Gostou de saber mais sobre este tema? Deixe por aqui o seu comentário e sobre o que mais gostaria de saber referente a Caixa Econômica Federal.

Mostrar comentários

Nenhum comentário

Deixe um comentário